top of page

SONESP na Mídia - APM e SONESP reforçam relação de parceria



Na última sexta-feira, 1º de março, o presidente da Associação Paulista de Medicina, Antonio José Gonçalves, recebeu, na sede da entidade, membros da Diretoria da Associação dos Neurocirurgiões do Estado de São Paulo (Sonesp). Além do presidente da sociedade, Jean Gonçalves de Oliveira, o encontro também contou com a presença do vice-presidente, Welligson Paiva, e do secretário Flávio Miura.


Segundo Gonçalves, a reunião se configurou como uma visita de cortesia e de apoio às ações da APM. Durante a conversa, os especialistas discorreram sobre uma série de assuntos de grande relevância à classe médica, como a situação atual do movimento associativo, a grandiosidade da Associação Paulista de Medicina e a importância das sociedades de especialidade no contexto médico contemporâneo, principalmente em São Paulo.


“Achei extremamente elegante a postura dos membros da Sonesp. Trocamos ideias sobre vários assuntos atuais, mas um dos mais importantes e de maior interesse às sociedades de especialidade é sobre os representantes dos Departamentos Científicos da APM. No caso de todas as sociedades, são indicados pela sua própria Diretoria, no sentido de evitar dicotomias de pensamento e posicionamentos divergentes que prejudiquem o bom andamento dos trabalhos”, relata o presidente da APM.


O secretário da Sonesp, Flávio Miura, reforça os frutos trazidos por esta relação de parceria. “Em um encontro marcado pela colaboração e compromisso mútuos, reafirmamos nosso empenho em fortalecer a representatividade da Neurocirurgia dentro da APM. Esta parceria não apenas garante uma voz unificada para os neurocirurgiões, mas também fortalece os laços entre as instituições médicas, visando sempre o avanço da Neurocirurgia e o melhor atendimento aos pacientes brasileiros.”


Miura indica também que, ao trabalharem juntas, as instituições contribuem para o progresso contínuo da especialidade. “Juntas, Sonesp e APM estão comprometidas em promover o desenvolvimento da Neurocirurgia no Brasil, defendendo os interesses da especialidade e trabalhando em prol de uma saúde mais qualificada e acessível para todos.”

Projetos futuros


Além disso, a Sonesp sinalizou o interesse de a Associação Paulista de Medicina continuar sendo a organizadora do Neurão, o maior Congresso da sociedade. No último ano, a APM foi, pela primeira vez, a responsável pela organização do grande evento – que atualmente está na 14ª edição – e os resultados obtidos por meio desta parceria foram satisfatórios, uma vez que o Congresso foi produtível e rentável para ambas as associações.


Para Antonio José Gonçalves, a iniciativa da visita da Sonesp e a forma como os seus membros demonstraram interesse pelo trabalho da APM é algo exemplar, que deve servir como inspiração às demais sociedades de especialidade. “De qualquer maneira, as que não vierem até nós, vamos buscá-las. Está na nossa lista de projetos de trabalho a ida às sociedades e trazê-las para dentro da Associação Paulista de Medicina, estreitando cada vez mais essa relação, já que o poder do movimento médico se encontra muito dentro delas.”


Sobre a influência das sociedades de especialidades, Gonçalves relembra que, atualmente, aproximadamente 60% dos médicos do Brasil possuem título de especialista fornecido pela Associação Médica Brasileira e que isso é algo a ser preservado, uma vez que é uma das poucas coisas que, mesmo com o passar do tempo, manteve uma qualidade muito boa.


“As sociedades são muito importantes e agradecemos a presença do presidente da Sonesp, Jean, junto com a sua Diretoria. Gostaríamos que o seu ato fosse repetido por todas as outras 54 sociedades de especialidades, que serão muito bem acolhidas pela Associação Paulista de Medicina”, finaliza. Foto: Divulgação APM

Commentaires


bottom of page